DEBEM.com.br

Notícias online para você

Marriott teve dados de 500 milhões de hóspedes vazados

Ataque hacker acontecer em setembro e foi confirmado este mês pela maior rede de hotéis do mundo

Reportagem do The New York Times publicada nesta sexta-feira, 30, afirma que a rede The Marriott International reconheceu ter sofrido um ataque hacker em seu sistema de reservas Starwood e os dados pessoais de mais de 500 milhões de hóspedes, de 2014 para cá, foram comprometidos.

O grupo possui mais de 6.700 propriedades pelo mundo e, em setembro, foi informado de uma tentativa de acesso a sua base de dados. Segundo o jornal americano, este mês uma investigação revelou que houve um acesso não autorizado em 10 de setembro. Quem fez isso, copiou e criptografou informações e se preparou para removê-las.

Em comunicado, o Marriott admitiu que nomes, endereços, datas de nascimento, números de passaporte, e-mail e telefones de milhares de hóspedes podem ter sido comprometidos. Os hackers também obtiveram informações criptografadas de cartão de crédito de alguns clientes, mas não ficou claro se eles conseguiriam usar esses dados de pagamento.

“Lamentamos profundamente este incidente. Falhamos em relação ao que nossos clientes merecem e no que esperamos para nós mesmos. Estamos fazendo tudo o que podemos para dar apoio a nossos hóspedes e usando as lições aprendidas para sermos melhores daqui em diante”, afirmou em comunicado Arne Sorenson, presidente e CEO do Marriott.

A rede criou um hotsite e um call center para lidar com as questões que os clientes possam ter sobre seus dados pessoais e notificou as autoridades a respeito do ocorrido. Além disso, disse que tentará contactar os clientes afetados para informá-los sobre a falha de segurança.

Após adquirir a Starwood Hotels & Resorts por US$ 13,6 bilhões, há dois anos, a rede Marriott International tornou-se a maior do mundo.

Todas as notícias

DEBEM.TV

Um projeto imobiliário

WEBMAIL  |   criação: sitesrapidos.com.br

   
.