DEBEM.com.br
Página principal   |   Nossas Lojas  |   Notícias Online     |   Fale Conosco   
 

Promoções válidas
até 31/08/2018*
debem@debem.com.br
*Exceto sorteios

DEPARTAMENTOS

ANTI-VÍRUS
CAIXAS DE SOM
CARREGADORES/PILHAS
CARTÃO DE MEMÓRIA
CARTUCHO
CD / DVD
DIVERSOS
ESTABILIZADOR
FILTROS
IMPRESSORAS
MALETAS
MICROFONE
MOCHILAS
MOUSE
MULTIMÍDIA
NO-BREAK
PAPEL/FORMULÁRIOS
PEN DRIVE
TECLADO
TONER

PESQUISA




Frase exata              
GRANDES MARCAS




Lançamento da HP

PARCEIROS
Parceiro DEBEM.com.br

Parceiro DEBEM.com.br


Parceiro DEBEM.com.br

Parceiro DEBEM.com.br



Parceiro DEBEM.com.br

Notícias online para você

Motorista do Uber é barrado por filmar e transmitir on-line passageiros nos EUA

Livestreaming feito por Jason Gargac, de St. Louis, mostrou centenas de clientes em diversas situações e sem autorização, segundo jornal local.

Um motorista do Uber e do Lyft foi dispensado pelos dois aplicativos de transporte nos EUA por filmar e transmitir as suas corridas pela internet sem autorização dos passageiros. 

Segundo o jornal St. Louis Post-Dispatch, Jason Gargac realizou centenas de corridas como motorista dos apps em St. Louis desde o último mês de março, tendo realizado livestreaming (transmissão ao vivo) de quase todas elas pela plataforma Twitch – onde se identificava pelo nome “JustSmurf”.

“Os passageiros incluíam crianças, estudantes universitários bêbados e figuras públicas como jornalistas da TV local e o vocalista/guitarrista do Alice in Chains, Jerry Cantrell”, afirma a reportagem sobre o caso.

Entre outras coisas, o jornal destaca ainda que os passageiros “vomitaram, beijaram, falaram mal de parentes e amigos e reclamaram sobre os seus chefes” no carro de Gargac enquanto eram assistidos por um público on-line que “avaliava os corpos das mulheres, julgava familiares e fazia piada sobre as conversas”. 

O carro do motorista trazia um pequeno aviso no carro que supostamente fornecia consentimento sobre a gravação em vídeo das corridas, mas muitos passageiros simplesmente não o viram – e o texto não falava sobre a transmissão das corridas pela Internet, conforme aponta reportagem do Ars Technica.

Vale notar que Gargac anunciava abertamente o livestreaming das corridas feitas via Uber e Lyft em seu perfil no Twitter.

Em notas enviadas ao Ars Technica, os aplicativos comentaram o caso. “O comportamento perturbador nos vídeos não está alinhado com as nossas Diretrizes de Comunidade. O acesso do motorista ao app foi removido enquanto avaliamos a parceria dele com o Uber”, afirmou o Uber.

Já o Lyft destacou que “todos os motoristas na plataforma Lyft devem seguir as leis e regulamentações locais, incluindo quanto ao uso de qualquer aparelho de gravação”.

Todas as notícias

Nossos Endereços:

Matriz - Rua João Inácio nº1366 - Porto Alegre   Televendas: (51) 3343.8200
Subsolo da Galeria Malcon - Porto Alegre  Fone: (51) 3225.2842

De Bem Ind. e Com. de Informática Ltda
CNPJ – 91.848.614/0001-83

 

Em nossas lojas, aceitamos estes cartões:



WEBMAIL  |   criação: sitesrapidos.com.br

   
.