DEBEM.com.br
Página principal   |   Nossas Lojas  |   Notícias Online     |   Fale Conosco   
 

Promoções válidas
até 30/06/2018*
debem@debem.com.br
*Exceto sorteios

DEPARTAMENTOS

ANTI-VÍRUS
CAIXAS DE SOM
CARREGADORES/PILHAS
CARTÃO DE MEMÓRIA
CARTUCHO
CD / DVD
DIVERSOS
ESTABILIZADOR
FILTROS
IMPRESSORAS
MALETAS
MICROFONE
MOCHILAS
MOUSE
MULTIMÍDIA
NO-BREAK
PAPEL/FORMULÁRIOS
PEN DRIVE
TECLADO
TONER

PESQUISA




Frase exata              
GRANDES MARCAS




Lançamento da HP

PARCEIROS
Parceiro DEBEM.com.br

Parceiro DEBEM.com.br


Parceiro DEBEM.com.br

Parceiro DEBEM.com.br



Parceiro DEBEM.com.br

Notícias online para você

Quem é a mãe internauta e consumidora digital brasileira?

Levantamento do Google mostra que das 67 milhões de genitoras brasileiras, 71% já estão conectadas e 68% possuem smartphone

Elas estão cada vez mais conectadas e, em geral, têm como principal foco educação e saúde em suas buscas e pesquisas na internet. Essa é a definição da mãe internauta brasileira segundo um levantamento do Google, publicado com exclusividade por Meio & Mensagem. O estudo identificou que, das 67 milhões de mães brasileiras segundo o IBGE, 71% já estão conectadas e 68% possuem smartphone.

A pesquisa foi feita com dados internos do Google durante o mês de março tendo como base de comparação os anos de 2016 e 2017. A amostra considera 800 mães nas faixas de 18-24, 25-34, 35-44 e 45-54. O principal objetivo do levantamento foi identificar os principais insights vindos dos comportamentos dessas mulheres e as oportunidades para as marcas ampliarem a relação com elas.

Segundo o estudo, 75% das mães buscam informações na internet sobre experiências reais que envolvam o universo maternal e o volume de buscas das mulheres aumenta 85% após descobrirem que serão mãe.

Gustavo Casas, analista de indústria do Google Brasil, afirma que o estudo indica um novo caminho para as marcas se relacionarem com as mães brasileiras. “A análise aponta que elas enfrentam uma realidade muito diferente das mães de países desenvolvidos e que seus desafios vão muito além da conexão emocional com a família. Por isso, para fortalecer seu relacionamento com essas consumidoras, as marcas precisam entender quais são suas necessidades básicas. Foi justamente nesse campo que encontramos oportunidades a serem exploradas”, afirma.

Produtos e serviços em alta

Ainda de acordo com Casas, o fator emocional, muito explorado pelas marcas, já deixou de ser diferencial. “Muito antes de clichês e estereótipos, a mãe brasileira precisa de ajuda para tomar as melhores decisões para o seu dia a dia e as marcas podem ajudar com isso”, afirma Casas.

Quando o assunto é a forma como os internautas brasileiros, em geral, lidam com data comemorativas, 72% dos presentes comprados na internet celebram o Dia das Mães. Deste grupo, os consumidores começam a pesquisar informações sobre a data um mês antes. Neste período, alguns produtos e serviços sofrem variação significativa de aumento de buscas. A procura por flores no Google cresce 137%, seguida por joias (64%), beleza (46%), moda (30%) e shoppings (15%).

Dos serviços que mais são buscados estão salões de beleza (57%), reservas em restaurantes (26%), serviços de spas (23%), ingresso para teatro (21%) e passagens aéreas (17%). Quando o recorte é desejo das mães, os principais produtos são: roupas, smartphones, calças, calçados, perfumes, geladeira ou freezer, TVs, cosméticos, móveis, roupas para crianças, alimentos, blusas e notebooks.

Do total de views em vídeos de presentes para mães, 64% foram feitos por pessoas maiores de 25 anos e 59% por mulheres.

Quando questionadas, 47% não têm uma marca de produto ou serviço na cabeça e apenas 5% das pessoas que compraram em 2017 não irão comprar em 2018.

Todas as notícias

Nossos Endereços:

Matriz - Rua João Inácio nº1366 - Porto Alegre   Televendas: (51) 3343.8200
Subsolo da Galeria Malcon - Porto Alegre  Fone: (51) 3225.2842

De Bem Ind. e Com. de Informática Ltda
CNPJ – 91.848.614/0001-83

 

Em nossas lojas, aceitamos estes cartões:



WEBMAIL  |   criação: sitesrapidos.com.br

   
.