DEBEM.com.br
Página principal   |   Nossas Lojas  |   Notícias Online     |   Fale Conosco   
 

Promoções válidas
até 30/09/2018*
debem@debem.com.br
*Exceto sorteios

DEPARTAMENTOS

ANTI-VÍRUS
CAIXAS DE SOM
CARREGADORES/PILHAS
CARTÃO DE MEMÓRIA
CARTUCHO
CD / DVD
DIVERSOS
ESTABILIZADOR
FILTROS
IMPRESSORAS
MALETAS
MICROFONE
MOCHILAS
MOUSE
MULTIMÍDIA
NO-BREAK
PAPEL/FORMULÁRIOS
PEN DRIVE
TECLADO
TONER

PESQUISA




Frase exata              
GRANDES MARCAS




Lançamento da HP

PARCEIROS
Parceiro DEBEM.com.br

Parceiro DEBEM.com.br


Parceiro DEBEM.com.br

Parceiro DEBEM.com.br



Parceiro DEBEM.com.br

Notícias online para você

Os bastidores da parceria entre Coca-Cola e Pabllo Vittar

Conrado Tourinho, gerente de marketing, também fala sobre a retomada do foco da marca em música e da estreia da canção fruto da plataforma Fan Feat

Do fim de 2017 para o início de 2018, a Coca-Cola ampliou suas ações diretas envolvendo música. A marca já relacionava suas ações de marketing com o tema, mas havia dedicado nos últimos anos maior foco ao esporte com Olimpíada e Copa do Mundo. O primeiro passo dessa nova fase foi a criação da plataforma Fan Feat, que envolveu vários artistas e uma dinâmica complexa de promoção e divulgação. Nesta quinta-feira, 26, os artistas vencedores do concurso: Pabllo Vittar, Simone e Simaria e Luan Santana lançaram o clipe Hasta La Vista.

No início do mês de abril, a Coca-Cola já havia desenvolvido uma parceria com a Pabllo Vittar no lançamento do clipe Indestrutível. Na ocasião, a marca reativou o conceito “Essa Coca é Fanta” que, no ano passado, foi usada pontualmente para funcionários e, desta vez, enviada a alguns convidados para o show de lançamento do clipe da Pabllo. Com este conceito, a Coca-Cola vem trabalhando o tema diversidade em suas ações.

Ao Meio & Mensagem, Conrado Tourinho, gerente de comunicação e marketing integrado da Coca-Cola Brasil, explica a parceria com a Pabllo Vittar e fala sobre as ações da marca envolvendo diversidade. “A expressão ‘Essa Coca é Fanta’ sempre foi usada de forma pejorativa e é nosso papel como marca juntar o máximo de pessoas possíveis ao redor dessa causa mostrando o impacto que esse tipo de ‘brincadeira’ pode ter na vida de uma pessoa”, afirma Tourinho.

Meio & Mensagem – Como foi trabalhar com a Pabllo Vittar no lançamento do clipe Indestrutível e de que maneira a marca vem trabalhando o tema diversidade?

Conrado Tourinho – Foi um projeto construído a muitas mãos entre marca, a agência David e a própria Pabllo, com um olhar atento para o simbolismo dessa música junto aos fãs. A iniciativa tinha como premissa ser verdadeira, sensível e totalmente conectada às tensões que os jovens vivem atualmente. Vimos na letra da música uma oportunidade para inaugurar um novo momento e a construção da expressão ‘Essa Coca é Fanta’ como símbolo da companhia na busca de uma sociedade com menos preconceito, mais diversidade e celebração da individualidade.

M&M – A ação “Essa Coca é Fanta” pode se tornar mais ampla e chegar ao consumidor final?

Tourinho – A expressão sempre foi usada de forma pejorativa e é nosso papel como marca juntar o máximo de pessoas possíveis ao redor dessa causa mostrando o impacto que esse tipo de ‘brincadeira’ pode ter na vida de uma pessoa. No início do clipe Indestrutível, a expressão é usada como xingamento. No final, Pabllo fecha com um texto contra o preconceito, o mesmo impresso nas latas que produzimos e foram enviadas para algumas pessoas que podem nos ajudar a amplificar a mensagem sobre os riscos do bullying e da intolerância com as diferenças. E o objetivo é ampliar essa plataforma.

M&M – Quais os cuidados e desafios ao inserir o tema diversidade nas ações da marca, o que está por trás para dar base a essa plataforma?

Tourinho – No âmbito de relevância cultural você precisa entender a vocação e propósito da sua marca, e como ela pode contribuir culturalmente para a causa. Todas as marcas têm o papel de ajudar a construir uma sociedade mais justa. No caso de Coca-Cola, representatividade é um tema que reflete os valores da marca e do público com o qual queremos nos relacionar. E hoje, em 2018, não poderia ser diferente. Quem acompanha o histórico da marca sabe do nosso respeito por diferentes pontos de vista e de nossa busca pela união de visões opostas de forma otimista e propositiva.

M&M – Pode falar um pouco da plataforma de música da Coca-Cola? Como tem sido associar a marca a esse universo, sobretudo, com uma campanha como foi a Fan Feat?

Tourinho – Coca-Cola sempre teve uma relação muito próxima com a música no mundo todo. No Brasil, tivemos Coca-Cola Vibe Zone, Studio Coca-Cola, espaço de experiência dedicado aos fãs no Rock in Rio, além da Rádio Coca-Cola, um projeto em crescimento, por exemplo. A música é uma importante ferramenta para aproximar a marca dos jovens e reforçar sua conexão com o que fazemos e produzimos. Nos últimos anos, por causa dos dois grandes eventos que o Brasil sediou (Copa do Mundo Fifa 2014 e Jogos Olímpicos Rio 2016), focamos no esporte, mas agora a música volta a ser pauta das ações de Coca-Cola e uma ponte entre as pessoas e os artistas que amam. Com FanFeat, marcamos de vez o retorno de Coca-Cola ao mundo da música.

 

Todas as notícias

Nossos Endereços:

Matriz - Rua João Inácio nº1366 - Porto Alegre   Televendas: (51) 3343.8200
Subsolo da Galeria Malcon - Porto Alegre  Fone: (51) 3225.2842

De Bem Ind. e Com. de Informática Ltda
CNPJ – 91.848.614/0001-83

 

Em nossas lojas, aceitamos estes cartões:



WEBMAIL  |   criação: sitesrapidos.com.br

   
.